O que acontece com o corpo se pararmos de tomar banho?

10/04/2015
Existem 0 Comentários

Parar de tomar banho gera mais problemas que apenas ficar sujo ou fedido. O feito gera um enorme acúmulo de bactérias, as quais podem causar danos agravados.

O corpo humano serve como um lar para trilhões de bactérias. Só na pele, existem ao menos mil espécies delas, além de 80 tipos de fungos.

Tais microrganismos ajudam a converter substâncias secretadas pelas céluas epiteliais em emolientes e antibactericidas naturais. Dessa forma, elas ajudam no combate aos microrganismos considerados prejudiciais à saúde.

Saiba o que acontece com o corpo se pararmos de tomar banho

Parar de tomar banho gera mais problemas que apenas ficar sujo ou fedido. O feito gera um enorme acúmulo de bactérias, as quais podem causar danos agravados.

Apesar disso, nem sempre tais bactérias e fungos são suficientes para eliminar todos os patógenos. É por isso que existe a necessidade dos banhos, os quais funcionam como uma linha de defesa no combate a tais germes.

55

A falta de banho resulta no acúmulo de células mortas, suor, poeira e substâncias liberadas naturalmente pela pele. Essa mistura desagradável piora as condições crônicas como acne e foliculite.

Além disso, a falta de banho pode levar ao surgimento das “dermatites neglecta”, crostas de sujeira sobre a pele.

Um mito que muitos acreditam é que o odor ruim do corpo é gerado pelo suor. Na verdade o suor não emite cheiro, o qual é liberado pelo bromidrose. Este conhecido também como bodum, surgem quando as bactérias que vivem na pele começam a se alimentar de ácidos graxos presentes no suor. Esses elementos são convertidos em mais de 30 compostos químicos diferentes, os quais não possuem um cheiro tão agradável.

Se após ler essa matéria você está com aquela vontade de tomar um banho, saiba que exagrar também não é recomendado.

O uso excessivo de água e sabão faz com que os emolientes naturais produzidos pela pele sejam eliminados. Dessa forma pode ocorrer o ressecamento e surgimento de pequenas fissuras e inflamações, as quais tornam a pele mais vulnerável à infecções.

Sabonetes antibacterianos também são recomendados, mas com uso moderado. Eles podem eliminar as bactérias “boas”, que ajudam na defesa da pele.

Fonte: Megacurioso


Gostou? Compartilhe com seus amigos
f icon


Deixe um comentário
x